Dirigente sindical no Rio lucrava até R$ 1 milhão por mês, diz delegada

  • Por Agencia Brasil
  • 08/09/2014 19h56

As investigações da Delegacia Fazendária da Polícia Civil (Delfaz), que cumpriu hoje (8) dez mandados de busca e apreensão na sede do Sindicato dos Empregados no Comércio de Niterói, São Gonçalo e Adjacências, na região metropolitana do Rio de Janeiro, apontam para um esquema de fraude que beneficiava a presidenta da entidade, Rita de Cácia da Silva Rodrigues, com até R$ 1 milhão por mês. A informação foi dada na tarde de hoje (8) pela delegada assistente da Delfaz, Tatiana Queiroz, responsável pela investigação.

Português, Brasil
  • Tags: