Americanas divulga balanço com prejuízo de R$ 12,9 bilhões em 2022

Documento liberado pela empresa nesta quinta-feira, 16, foi o primeiro desde a descoberta do rombo nas contas no começo do ano

  • Por Jovem Pan
  • 16/11/2023 12h14 - Atualizado em 16/11/2023 12h15
EDI SOUSA/ATO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Fachada da Lojas Americanas Loja divulgou relatório contábil e tenta firmar acordo com credores

A Americanas divulgou o balanço referente ao ano de 2022 na manhã desta quinta-feira, 16, revelando um prejuízo de R$ 12,9 bilhões no ano. Em comparação a 2021, quando foi registrada perda de R$ 6,2 bilhões. O balanço também mostra que a empresa terminou o período com uma dívida líquida de R$ 26,2 bilhões, mostrando crescimento de 85% em um ano. A divulgação foi feita 11 meses após o escândalo contábil envolvendo a empresa vir à tona. O último balanço divulgado pela rede antes da descoberta do rombo foi em novembro de 2022, sendo referente ao terceiro trimestre do ano. No acumulado até setembro de 2022, a perda era de R$ 447 milhões, enquanto o endividamento era de R$ 5,3 bilhões, cinco vezes menor do que o revelado em relação a 2022.

O Ebitda recorrente foi negativo em R$ 2,9 bilhões em 2022, com o caixa da empresa terminando o ano em R$ 6 bilhões e o capital de giro em R$ 2,5 bilhões. A receita líquida ficou em R$ 25,8 bilhões, mostrando aumento em 14,6%. Com os números divulgados, a empresa tenta firmar um acordo com credores para continuar operando. O rombo foi revelado em 11 de janeiro e, na época, fez com que a divulgação do balanço de 2022 fosse anunciada para março. Desde então, a divulgação foi adiada para agosto, depois para outubro e, por fim, para 13 de novembro. No entanto o documento só foi divulgado nesta quinta.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.