Governo diz que rodovias federais estão sem bloqueios e que movimento deve perder força durante o dia

Apenas Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Rondônia registram focos de mobilização; caminhoneiros afirmaram que manterão atos até domingo

  • Por Jovem Pan
  • 10/09/2021 13h02
FERNANDO MICHEL/HOJE EM DIA/ESTADÃO CONTEÚDOConcentração de motoristas é registrada apenas em três Estados

O governo anunciou nesta sexta-feira, 10, que todas as rodovias federais estão desbloqueadas para o fluxo de veículos de cargas. Segundo um boletim do Ministério da Infraestrutura, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal, ainda há pontos de concentração com abordagem a caminhoneiros nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rondônia. Apesar das mobilizações, o mapeamento identificou queda de 70% no número de ocorrências desde a manhã desta quinta-feira, 9. A tendência é que as mobilizações continuem em queda ao longo do dia. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que os caminhoneiros informaram que devem manter os protestos até o próximo domingo, 12. O chefe do Executivo se reuniu com alguns representantes da categoria nesta tarde. Durante sua live semanal, Bolsonaro disse que avisou aos caminhoneiros que, caso o movimento continue após o domingo, os Estados podem enfrentar problemas de abastecimento. “Estive hoje a tarde com 12 caminhoneiros. Falaram que iam manter o movimento até domingo. É um direito deles”, afirmou. “Fui bem claro, se passar de domingo,  na segunda ou terça-feira a gente vai ter um problema seríssimo de abastecimento. Influencia a economia, aumenta a inflação, e isso se volta contra nós, contra eles que fizeram o movimento e contra mim, que sou chefe de Estado”, completou.