Guedes defende reabertura: ‘Economia está prestes a colapsar’

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2020 14h58 - Atualizado em 08/05/2020 07h52
Dida Sampaio/Estadão ConteúdoMinistro citou as medidas tomadas pelo governo que, segundo ele, preservaram mais de 5,5 milhões de empregos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (7) que “a economia está começando a colapsar” por causa da pandemia de Covid-19. Em reunião com o presidente Jair Bolsonaro, representantes da indústria e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, Guedes disse que Bolsonaro sempre alertou que a segunda onda da pandemia seria o colapso na economia.

“A indústria disse que está difícil, e a economia está começando a colapsar. Ao ouvir relato de empresários, o presidente pediu para compartilhar com o Supremo”, declarou Guedes, que atravessou a pé a Praça dos Três Poderes, em Brasília, com Bolsonaro e empresários para se reunir com Toffoli.

Guedes citou as medidas tomadas pelo governo que, segundo ele, preservaram mais de 5,5 milhões de empregos.

Para o ministro, a indústria informou que poderia suportar dois ou três meses os efeitos da pandemia de coronavírus, mas “a informação é que talvez os sinais vitais não sejam preservados por tanto tempo”. “Em vez de sairmos como urso hibernado, talvez seja o caso (de) o colapso total.”

Guedes informou também que pediria que o presidente vetasse o aumento de salários até dezembro de 2021 previsto como contrapartida para o socorro a estados e municípios. “A contribuição que pedimos era não haver aumento do funcionalismo”, ressaltou.

* Com informações do Estadão Conteúdo