IPVA 2022 poderá ser parcelado em 5 vezes em SP

Imposto é calculado sobre valor médio dos automóveis em todo o país e deve subir de 25% a 30% no Estado no próximo ano

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2021 15h31 - Atualizado em 11/12/2021 15h59
ANDRÉ RIBEIRO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Governador João Doria em coletiva de imprensa em São Paulo "É uma informação que atende a uma parcela considerável da população", diz Doria ao anunciar aumento do limite de parcelas para o IPVA a partir de janeiro

O governo de São Paulo vai permitir o parcelamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em até 5 vezes a partir de janeiro de 2022. Atualmente, o Estado só aceita o pagamento do tributo em no máximo 3 parcelas. A medida foi anunciada pelo governador João Doria (PSDB) neste sábado, 11, durante uma coletiva de imprensa em Santos, no litoral paulista. “É uma informação que atende a uma parcela considerável da população”, afirmou, acrescentando que a decisão deve ser publicada no Diário Oficial na próxima semana.

O IPVA é calculado com base no valor do carro pela tabela Fipe, a referência oficial para preços de veículos novos e usados no Brasil. Devido ao encarecimento dos automóveis em meio à pior crise de oferta da história do setor, o IPVA em São Paulo deve subir de 25% a 30% em 2022. Os carros com mais de 20 anos de fabricação são isentos do tributo no Estado.