Petrobras investirá até R$ 8 bilhões na refinaria Abreu e Lima para aumentar produção de petróleo

Objetivo é elevar capacidade de processamento de 100 mil para 260 mil barris por dia até 2028; inaugurada há 18 anos, a Rnest se tornou um símbolo das investigações da Lava Jato devido à parceria com estatal venezuelana

  • Por da Redação
  • 19/01/2024 19h01 - Atualizado em 19/01/2024 19h03
Ricardo Stuckert/PR Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, participa de Cerimônia de Retomada das Obras da Refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca (PE), com as presenças da Governadora de Pernambuco, Raquel Lira, e do Presidente da Petrobras, Jean Paul Prates Ao lado da governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, e do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, Lula participa da cerimônia de retomada das obras da Refinaria Abreu e Lima

A refinaria Abreu e Lima (Rnest), localizada em Pernambuco, receberá investimentos da Petrobras no valor de R$ 6 bilhões a R$ 8 bilhões, de acordo com o presidente da estatal, Jean Paul Prates. A quantia exata não pode ser divulgada devido às licitações em andamento. O objetivo é aumentar a capacidade de processamento de petróleo cru da refinaria dos atuais 100 mil barris por dia para 260 mil barris por dia até 2028. Prates destacou que o investimento será coberto pelos impostos recolhidos pela refinaria em seu primeiro ano de operação. Inaugurada há 18 anos, a Rnest se tornou um símbolo das investigações da Operação Lava Jato devido ao seu envolvimento em um projeto desenvolvido em parceria com a estatal venezuelana PDVSA. A refinaria é especializada na produção de diesel, mas poderá ser adaptada no futuro para a produção de combustíveis renováveis. Prates ressaltou que a Abreu e Lima é considerada a refinaria mais moderna do continente americano, com uma capacidade de recuperação de 70% em diesel.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.