Israel inicia construção de cerca em sua fronteira com Jordânia

  • Por Agencia EFE
  • 06/09/2015 13h21

None

Jerusalém, 6 set (EFE).- Israel iniciou neste domingo a construção de uma cerca de 30 quilômetros desde a cidade litorânea de Eilat, no Mar Vermelho, até a histórica Timna, ao longo de sua fronteira com a Jordânia, informou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

“Continuaremos até as Colinas de Golã, onde já temos uma cerca fortificada”, explicou o chefe do Executivo israelense na reunião semanal de seu gabinete de ministros, em que advertiu que Israel “não esperará”.

“Na medida do possível, cercaremos as fronteiras de Israel com cercas de segurança e barreiras que nos permitam controlar nossas fronteiras”, disse.

Além da região das Colinas de Golã, ocupadas por Israel desde 1967, a fronteira oeste da Jordânia com a Cisjordânia também é controlada por Israel desde a Guerra dos Seis Dias.

Ali foi onde a construção foi iniciada, três meses depois do anúncio, uma medida defendida pelas autoridades israelenses como “im portante para a segurança nacional”.

Anteriormente, Israel levantou cercas de segurança na fronteira com o Egito e também no norte, na divisa com o Líbano e entre o território controlado por Israel e o controlado pela Síria, além da que rodeia a Faixa de Gaza.

Netanyahu afirmou que seu país “não é indiferente à tragédia humana dos refugiados da Síria e da África” e destacou a ajuda médica dada por suas tropas às vítimas do conflito sírio na região ocupada das Colinas de Golã.

Mas defendeu que “Israel é um país pequeno, muito pequeno, que carece de profundidade demográfica e geográfica, por isso devemos controlar nossas fronteiras contra os migrantes ilegais e o terrorismo”. EFE

mss/cd