Ao menos 120 pessoas ficaram feridas após pouso de avião turco

Ao aterrissar nesta quarta-feira (5), a aeronave da Pegasus Airlines se dividiu em três partes

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2020 16h12 - Atualizado em 06/02/2020 08h09
Reprodução

Cerca de 120 pessoas ficaram feridas após a aterrissagem de um avião da Pegasus Airlines, companhia aérea de baixo custo da Turquia. Ao pousar, o avião acabou se dividindo em três partes.

O voo doméstico carregava 177 passageiros e o Boieng 737 tinha 11 anos de uso. De acordo com o Daily Mail, o governador de Istambul, Ali Yerlikaya, afirmou que 52 pessoas já foram hospitalizadas.

A rede de TV turca NTV informou que, entre os feridos, estão os dois pilotos da aeronave, em estado grave. O avião, que havia decolado de Esmirna, derrapou e se partiu ao sair da pista, pegando fogo em seguida, nesta quarta-feira (5).

O aeroporto internacional Sabiha Gökçen, o menor dos localizados em Istambul e que fica na parte asiática da cidade, foi fechado e os voos foram redirecionados para o Aeroporto de Istambul, na parte europeia.