Arábia Saudita pede reunião urgente da Opep para revisar preços do petróleo

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2020 13h57 - Atualizado em 02/04/2020 13h58
ReproduçãoMohamed bin Salman é o príncipe herdeiro da Arábia Saudita

A Arábia Saudita convidou nesta quinta-feira os países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para uma reunião urgente devido à crise da pandemia do novo coronavírus e à queda do valor do petróleo por causa da guerra de preços.

O reino convidou para uma reunião urgente os membros da OPEP+ e outro grupo de países “a fim de tentar chegar a um acordo justo para recuperar o equilíbrio desejado nos mercados de petróleo”, informou a agência estatal SPA.

O convite, segundo a agência, vem após o príncipe herdeiro, Mohamed bin Salman, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conversarem por telefone para avaliar a situação nos mercados de energia.

“Este convite vem no contexto dos contínuos esforços do reino para apoiar a economia global nesta circunstância excepcional e na apreciação do pedido do presidente Donald Trump e do pedido dos nossos amigos nos Estados Unidos”, explicou a agência.

A fonte oficial também destacou os “esforços” da Arábia Saudita para chegar a um acordo para estabilizar os preços dentro do grupo de países da OPEP+.

O presidente dos EUA também disse no Twitter que conversou com Mohamed Bin Salman, que por sua vez falou com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e declarou que espera um acordo para cortar entre 10 e 15 milhões de barris de petróleo, o que seria “ótimo” para a indústria de hidrocarbonetos.

Na última reunião da OPEP e dos seus principais parceiros, em 6 de março, a Arábia Saudita propôs continuar com os cortes na produção de petróleo que tinham sido acordados até ao final de março.

No entanto, a Rússia, principal parceira da OPEP, rejeitou o corte, ao qual a Arábia Saudita respondeu com um aumento da produção que afundou o preço do petróleo em meio à crise econômica mundial gerada pela pandemia de coronavírus.

*Com informações do Estadão Conteúdo