Arábia Saudita suspende embargo e reabre fronteiras com o Catar

Os países cortaram as relações em 2017, quando a Arábia Saudita e outras nações árabes acusaram o Catar de apoiar grupos terroristas

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2021 11h44 - Atualizado em 05/01/2021 12h07
EFE/EPA/BANDAR ALJALOUD/SAUDI ROYAL COURT HANDOUTO príncipe da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, já está recebendo os participantes da cúpula dos países do Golfo

O Ministério das Relações Exteriores do Kuwait informou que a Arábia Saudita reabriu as fronteiras com o Catar nesta segunda-feira, 4. O anúncio aconteceu às vésperas de uma cúpula do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) com foco na reconciliação entre os países. Segundo o príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman, a reunião desta terça-feira, 5, “unificará e reforçará o caminho do bem e da prosperidade em termos de reunificação e solidariedade diante dos desafios vividos na região”. No entanto, o emir do Catar, Tamim bin Hamad al Thani, ainda não confirmou presença no encontro.

A Arábia Saudita, assim como Líbia, Iêmen, Egito, Bahrein e Emirados Árabes, cortou as relações com o Catar em 2017 por causa de seu suposto apoio a grupos islâmicos extremistas e seus laços com o Irã. A quebra nas relações diplomáticas há quatro anos atrás aconteceu dias depois de uma visita de Donald Trump à região. A retomada, por sua vez, acontece poucos dias antes do republicano deixar a presidência dos Estados Unidos.

*Com informações da EFE