Atirador que abriu fogo em escola do Texas é identificado

  • Por Agência EFE
  • 18/05/2018 16h15 - Atualizado em 18/05/2018 16h33
Reprodução/FacebookAtirador foi identificado como Dimitris Pagourtzis, um estudante de 17 anos

As autoridades do Texas identificaram o atirador que abriu fogo em uma escola de ensino médio no estado na manhã desta sexta-feira (18) como Dimitris Pagourtzis, um estudante de 17 anos que invadiu o local pela manhã, matando pelo menos dez pessoas.

Pagourtzis teria disparado contra nove estudantes e um professor, as dez pessoas mortas no ataque registrado na escola de ensino médio de Santa Fé, uma cidade que fica a 55 quilômetros de Houston. O atirador também feriu várias pessoas no ataque.

Registros das redes sociais de Pagourtzis publicadas pela imprensa local mostram como o jovem publicou imagens de armas, fotos com símbolos nazistas e uma camisa com a mensagem “Born to Kill” (Nascido para matar). Na hora do tiroteio, testemunhas confirmaram que ele usava essa camisa e botinas militares.

Além de Pagourtzis, que era integrante do time de futebol da escola e frequentava um grupo de dança na Igreja Ortodoxa Grega da cidade, a polícia está interrogando outra pessoa que pode ter envolvimento no caso, informou em entrevista o xerife do condado de Harris, Ed González, responsável por Santa Fé.

Um dos estudantes ouvido pelas autoridades afirmou que o atirador tinha interesse por armas, mas nunca chegou a falar em matar pessoas e não demonstrava sinais de que poderia ter sofrido bullyng.

Este é o pior tiroteio em uma escola depois do registrado no dia 14 de fevereiro em Parkland, na Flórida, quando 17 pessoas morreram. O incidente gerou uma onda de manifestações para pedir um maior controle sobre a venda e o acesso às armas.