EUA: Biden vai anunciar candidata a vice-presidente na próxima semana

Concorrente de Trump garantiu que será uma mulher

  • Por Jovem Pan
  • 29/07/2020 17h40
EFE Segundo pesquisa, Biden vence Trump em três estados que foram essenciais para o atual presidente em 2016

O candidato do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que anunciará o nome de sua candidata a vice na primeira semana de agosto, pouco antes de receber formalmente a indicação democrata para enfrentar o atual presidente, o republicano Donald Trump, nas eleições de novembro. “Tomarei uma decisão na primeira semana de agosto. Prometo que direi quando souber”, antecipou Biden após fazer um discurso sobre crescimento econômico e igualdade em Wilmington, no Estado de Delaware, onde vive.

Biden, de 77 anos, garantiu que a pessoa que o acompanhará como vice na chapa será uma mulher. Entre as possíveis escolhidas para a posição estão as senadoras Kamala Harris e Elizabeth Warren, e a ex-assessora de Segurança Nacional da Casa Branca Susan Rice. Outros nomes de senadoras que também estão fortes são Tammy Duckworth, de Illinois, e Tammy Baldwin, de Wisconsin. Além disso, são ainda cotadas as congressistas Val Demings, da Flórida, e Karen Bass, da Califórnia, bem como as governadoras Gretchen Whitmer (Michigan) e Michelle Lujan Grisham (Novo México).

Com as grandes manifestações antirracistas em junho, que tomaram o país após a morte de George Floyd, assassinado pelo policial branco Derek Chauvin, cresce a pressão para que a escolhida seja uma mulher negra. Quando questionado se conseguiria se encontrar pessoalmente com a pessoa selecionada em meio à pandemia do coronavírus, Biden respondeu “vamos ver”. Ele ainda brincou que teria que enganar os repórteres de plantão na porta de sua casa para ter um encontro discreto com seu (ou sua) vice antes do anúncio.

Pesquisa

Com menos de 100 dias para as eleições presidenciais nos Estados Unidos, eleitores em três estados que foram essenciais para a vitória de Donald Trump em 2016 hoje demonstram apoiar o ex-vice-presidente democrata Joe Biden, segundo pesquisa de opinião da CNN conduzida pela empresa de auditoria SSRS no Arizona, na Flórida e Michigan. Na Flórida, Biden vence a disputa com 51% dos votos de eleitores registrados contra 46% a favor de Trump. No Arizona essa diferença diminui para 49% a 45%, enquanto no Michigan, Biden lidera a corrida pela presidência com apoio de 52% dos eleitores contra 40% que votariam em Trump.

* Com informações do Estadão Conteúdo