Brexit sem acordo deve deixar Reino Unido com falta de comida e remédios

  • Por Jovem Pan
  • 18/08/2019 10h27
EFEPrimeiro-ministro já afirmou que Brexit deve acontecer mesmo sem acordo

Documentos oficiais do governo do Reino Unido vazados pelo jornal Sunday Times neste domingo (18) alertam para uma provável escassez de remédios e alimentos como o país deixe a União Europeia (UE) – o chamado Brexit– sem acordo. De acordo com a reportagem, outros insumos, como combustível, também devem faltar, e o caos deve se instalar nos portos do país.

O relatório aponta uma saída abrupta pode levar à escassez de alimentos frescos e a perturbações “significativas” no fornecimento de medicamentos, que podem prolongar-se por seis meses. Além disso, os documentos também preveem escassez de água, devido a possíveis interrupções na importação de químicos para o tratamento das águas.

O Brexit está previsto para acontecer no dia 31 de outubro. As negociações com a ex-primeira ministra britânica, Theresa May, não foram bem sucedidas e o problema foi repassado ao novo primeiro-ministro, Boris Johson. O problema é que ele já prometeu que, “com ou sem acordo”, o Reino Unido vai deixar o bloco econômico.