China realizará invasão ‘em larga escala’ em Taiwan até 2025, diz ministro da ilha

Declaração foi dada depois que o governo chinês enviou 150 aviões de guerra, incluindo bombardeiros com capacidade nuclear, para sobrevoarem o espaço aéreo do país asiático

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2021 20h00
EFE/EPA/RITCHIE B. TONGOMinistro da ilha disse que até 2025 China poderá organizar a invasão

O ministro da Defesa de Taiwan afirmou nesta quarta-feira, 6, que a China conseguirá realizar uma ‘invasão em grande escala’ à ilha até 2025. A declaração foi dada depois que o governo chinês enviou 150 aviões de guerra, incluindo bombardeiros com capacidade nuclear, para sobrevoarem o espaço aéreo de Taiwan. “No que diz respeito a encenar um ataque a Taiwan, eles atualmente têm a capacidade. Mas tem que pagar o preço”, disse Chiu Kuo-cheng a jornalistas taiwaneses. Entretanto, o ministro afirmou que o “preço” será menor até 2025 e com isso os chineses serão capazes de montar a invasão. O ministro também disse que não fez qualquer movimento de resposta após a incursão aérea da China. “Faremos os preparativos militarmente”, disse ele. “Acho que nosso exército é assim, se precisarmos lutar, estaremos na linha de frente”, afirmou. China e Taiwan são governadas separadamente há mais de sete décadas. Entretanto, o governo chinês vê a ilha como uma parte inseparável do território da China, mesmo sem nunca tê-la governado. Dados de 2017 apontam que cerca de 23,5 milhões de pessoas vivem na ilha.