Coronavírus: número de mortos chega a 813 e supera SARS

Síndrome causada também por um coronavírus matou 744 pessoas em 2003

  • Por Jovem Pan
  • 09/02/2020 09h39
EFE/EPA/YONHAP SOUTH KOREA OUTHá uma vítima nas Filipinas e outra em Hong Kong; restante está na China

A Comissão Nacional de Saúde da China atualizou neste domingo (9) os números referentes à epidemia do coronavírus no país, indicando que 811 pessoas morreram e 37.198 estão infectados até o momento.

O órgão indicou que até a meia-noite na hora local (13h deste sábado pelo horário de Brasília), existiam 6.188 casos graves da chamada pneumonia de Wuhan, enquanto 2.649 pacientes tiveram alta após superar o problema de saúde.

Além disso, a Comissão de Saúde revelou que já foram avaliadas 371.905 pessoas que tiveram contato próximo com infectados com o coronavírus, sendo que 188.183 seguem em observação.

Nesta nova atualização, segundo o órgão estatal, existem 28.942 casos suspeitos em território chinês.

O número de mortos divulgado hoje, que eleva o total global para 813 — já que também há uma vítima nas Filipinas e outra em Hong Kong –, faz com que a pneumonia de Wuhan supere o registrado pela Síndrome Respiratória Aguda e Grave (SARS, pela sigla em inglês), de 2003, que deixou 744 mortos.

Com relação às informações divulgadas ontem pela Comissão de Saúde, houve aumento de 89 mortos, assim como de 2.656 infectados. Por outro lado, são 600 novos pacientes que receberam alta, ou seja, foram curados da doença.

De todas as 89 pessoas que morreram ontem, 81 eram da província da Hubei, cuja capital é Wuhan, epicentro da epidemia e que permanece de quarentena desde 23 de janeiro. A região concentra 2.147 dos 2.656 novos casos positivos de infecção pelo coronavírus.

* Com EFE