Criança brasileira desaparece em rio na fronteira entre EUA e México

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2019 15h00 - Atualizado em 03/07/2019 15h01
David Guzmán/EFEO sumiço aconteceu quando a mãe tentava entrar ilegalmente no território norte-americano

A Agência Alfandegária e de Proteção de Fronteira dos Estados Unidos informou nesta quarta-feira (3) que uma criança brasileira de dois anos desapareceu nesta semana no Rio Grande, na fronteira com o México. O sumiço aconteceu quando a mãe, uma cidadã haitiana, tentava entrar ilegalmente no território norte-americano.

A mulher, cujo nome não foi revelado, foi presa pelas autoridades locais em Del Rio, no Texas, na segunda-feira (1°), assim que cruzou a fronteira. No momento em que foi detida, ela informou que tinha perdido a menina durante a travessia.

Em comunicado, a agência informou que agentes iniciaram na própria segunda uma operação de busca, auxiliados por agentes mexicanos de Ciudad Acuña, em Coahuila.

“Sempre que uma criança se perde é um evento trágico”, afirmou o chefe de patrulha de Del Rio, Raul Ortiz. “Não posso nem imaginar a angústia que os pais devem estar sentindo e espero que nossos esforços de busca sejam coroados com um resultado positivo.”

O Corpo de Bombeiros de Ciudad Acuña afirmou que um grupo de dez imigrantes haitianos tentava cruzar o Rio Grande quando a criança desapareceu. Como a correnteza do rio é muito forte, ela teria soltado a mão da mãe e sido levada pelas águas.

Morte trágica

O desaparecimento ocorre pouco mais de uma semana depois de outro caso trágico na fronteira. Em 23 de junho, dois salvadorenhos, Óscar Martínez, de 25 anos, e a filha Valeria, de apenas 23 meses, desapareceram no Rio Grande durante a tentativa de entrar ilegalmente no território. A foto dos corpos, localizados no dia seguinte centenas de metros abaixo do local onde foram vistos pela última vez, viralizou nas redes sociais.

*Com Estadão Conteúdo