Espanha notifica primeiro caso da variante brasileira do coronavírus

Na última terça-feira, o governo aprovou um aumento nas restrições à entrada no país por via aérea a partir do Brasil e da África do Sul para evitar novas cepas da Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2021 16h54 - Atualizado em 05/02/2021 16h54
EFE/ Chema MoyaOriginária do Amazonas, essa nova cepa brasileira é uma das três que atraíram atenção mundial recentemente

As autoridades sanitárias da Espanha notificaram nesta sexta-feira, 5, o primeiro caso da variante brasileira da Covid-19 no país, detectado em Madri, em um homem de 44 anos procedente do Brasil que desembarcou no aeroporto de Barajas, no dia 29 de janeiro. Ele chegou à Espanha com um teste PCR negativo na origem, mas foi realizado um teste antigênico com resultado positivo no aeroporto de Madri. Posteriormente, o homem foi transferido para um hospital na capital espanhola, onde passou por um novo PCR que deu resultado positivo, informou hoje a Secretaria de Saúde de Madri, em um comunicado.

Na última terça-feira, o governo espanhol aprovou um aumento nas restrições à entrada na Espanha por via aérea a partir do Brasil e da África do Sul para evitar essas variantes detectadas do coronavírus. Até o momento, a mutação britânica é a mais difundida no país e vários casos da sul-africana estão sendo estudados. Originária do Amazonas, essa nova cepa brasileira é uma das três que atraíram atenção mundial recentemente, junto com as que foram detectadas no Reino Unido e na África do Sul, por ser considerada altamente contagiosa. Além da Espanha e Brasil, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou no último dia 27 que a variante detectada em Manaus já estaria presente em outros sete países: AlemanhaCoreia do SulEstados UnidosIrlandaItáliaJapão e Reino Unido.

* Com EFE