Ex-assessor de Trump, Steve Bannon é liberado após se entregar ao FBI

Norte-americano se apresentou nesta segunda-feira e não foi detido após se comprometer a seguir uma série de restrições impostas pela Justiça

  • Por Jovem Pan
  • 15/11/2021 18h35
EFE/EPA/MARTIN DIVISEKSteve Bannon foi estrategista político do ex-presidente do Estados Unidos Donald Trump

Steve Bannon, ex-assessor do ex-presidente norte-americano Donald Trump, foi liberado por um juiz na tarde desta segunda-feira, 15, horas depois se entregar na sede do FBI, em Washington. O estrategista político foi intimado por duas acusações de desacato ao Congresso por não ter comparecido a uma convocação do comitê legislativo que investiga a invasão ao Capitólio ocorrida em janeiro. Bannon, de 67 anos, foi acusado por ter se recusado a comparecer ao comitê e por não querer entregar documentos às autoridades. A corte norte-americanas decidiu não prender o ex-assessor de Trump antes do julgamento, que será realizado nesta quinta-feira, 18, após ele se comprometer a uma série de restrições, como se apresentar toda a semana, entregar o passaporte e notificar caso viaje para fora da região. Uma acusação por desacato ao Congresso pode acarretar entre 30 dias e um ano de prisão, além de uma multa entre US$ 100 (equivalente a R$ 550) e US$ 1 mil (equivalente a R$ 5,5 mil). A acusação formal ocorreu na sexta-feira passada, após a Câmara dos Representantes ter detido Bannon por desacato ao tribunal em 21 de outubro por se recusar a comparecer ao comitê que investiga o ataque de 6 de janeiro ao Capitólio por parte de apoiadores de Trump.