França decide impor quarentena de 10 dias a passageiros vindos do Brasil

As mesmas regras serão aplicadas a pessoas vindas da Argentina, Chile, África do Sul e Guiana Francesa, onde também se constatou uma presença significativa da variante brasileira do coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2021 16h16
EFE/EPA/CHRISTOPHE PETIT TESSONA França retomará os voos com o Brasil no dia 23, mas só poderão embarcar cidadãos ou residentes franceses, além de seus familiares

O governo da França anunciou neste sábado, 17, que a suspensão de voos com o Brasil vai durar pelo menos até o próximo dia 23, tempo necessário para “permitir sua retomada com medidas de segurança adicionais”. Passado esse período, será autorizada a entrada apenas de residentes ou cidadãos franceses, assim como seus companheiros e filhos. Todos eles, porém, deverão apresentar antes do embarque resultado negativo para um teste RT-PCR feito 36 horas antes do voo, além de um teste de antígeno a ser realizado na chegada da França. Depois disso, todos os passageiros vindos do território brasileiro também terão que cumprir uma quarentena de dez dias. Esse isolamento será controlado pela Polícia Nacional, que aplicará multas caso a lei não seja respeitada. Todas essas medidas estão sendo tomadas para evitar a transmissão da variante do novo coronavírus P.1. As mesmas regras serão aplicadas a pessoas vindas da Argentina, do Chile, da África do Sul e da Guiana Francesa, nações onde também se constatou uma presença significativa da chamada variante brasileira.