Funcionários da Casa Branca pedem demissão após invasão do Capitólio

O vice-assessor de segurança nacional, a diretora de comunicações e a secretária social decidiram deixar de trabalhar para o governo de Donald Trump depois dos eventos de quarta-feira

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2021 10h47
EFE/EPA/JUSTIN LANEA invasão tinha como objetivo impedir que o Congresso oficializasse a vitória de Biden

Alguns funcionários de alto escalão da Casa Branca pediram demissão após a invasão ao Capitólio, em Washington D.C., na quarta-feira, 6. Entre esses nomes estaria o vice-assessor de segurança nacional Matt Pottinger, a diretora de comunicações Stephanie Grisham e a secretária social Anna Cristina Niceta. As duas últimas estavam entre as funcionárias mais antigas do governo do presidente Donald Trump. As informações são da emissora de televisão norte-americana CNN, que afirma que também estariam considerando pedir demissão vários dos principais assessores de Trump, incluindo o conselheiro de segurança nacional Robert O’Brien e o vice-chefe de gabinete Chris Liddell,

A invasão ao Capitólio por apoiadores de Trump foi amplamente criticada tanto por democratas quanto por republicanos, além dos principais líderes mundiais. A polícia de Washington D.C. confirmou que quatro pessoas morreram durante a confusão, que tinha como objetivo impedir que o Congresso Nacional realizasse a última cerimônia de oficialização da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais.

*Com informações da EFE