‘Roubaram minha infância com suas palavras vazias’, diz Greta Thunberg em discurso na ONU

Jovem ativista afirmou que não deveria estar na ONU, mas em uma sala de aula

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2019 19h52 - Atualizado em 23/09/2019 20h07
Justin Lane/EFEGreta, que se tornou um símbolo mundial na luta pelo clima, discursou para líderes de 60 nações

A ativista sueca de 16 anos Greta Thunberg disse nesta segunda (23), durante a Cúpula de Ação Climática realizada pela ONU, que os líderes mundiais não estão fazendo o suficiente para reverter a crise climática. Segundo ela, sua infância foi roubada “por palavras vazias”.

“Roubaram meus sonhos, a minha infância, com palavras vazias. No entanto, tenho sorte, porque são muitos os que sofrem, os que estão morrendo”, disse. A jovem afirmou ainda que não deveria estar na sede da ONU, mas em uma sala de aula do “outro lado do oceano”, na Suécia. “Está tudo errado.”

Greta, que se tornou um símbolo mundial na luta pelo clima e inspiração para milhões de jovens estudantes ao redor do mundo, discursou para líderes de 60 nações no encontro convocado pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres.

“Como se atrevem a olhar para outro lado, a vir aqui dizer que estão fazendo o suficiente. Dizem que nos escutam, que entendem a urgência, mas se realmente entendessem a situação não estariam de braços cruzados”, questionou. “Aqui e agora é onde damos um passo adiante. A mudança virá, quer vocês gostem ou não.”

Ela lembrou que ecossistemas ao redor do mundo estão em colapso e que estamos vivendo o início de uma extinção em massa. No entanto, criticou que só o que os líderes mundiais “pensam é dinheiro e contos de fadas de eternos crescimentos econômicos”. Além disso, explicou que a a proposta de reduzir as emissões de poluentes pela metade, para evitar que a temperatura do planeta aumente acima de 1,5 grau centígrado, não é o suficiente.

“Não é aceitável para nós, porque somos nós que vamos ter que viver com estas consequências. Estão falhando com os jovens, mas os jovens estão entendendo o tamanho da traição de vocês. As novas gerações dependem dos senhores e, se falharem, nunca os perdoaremos.”

Confira o discurso na íntegra: 

Greta e mais 15 jovens de diferentes partes do mundo apresentaram, após o discurso, uma denúncia na ONU contra cinco das maiores economias do mundo (Alemanha, França, Brasil, Argentina e Turquia). Eles afirmam que os países estão violando os direitos humanos dos jovens ao não adotarem medidas adequadas contra as mudanças climáticas.

* Com EFE