Homem nada por 28 horas e sobrevive a tsunami em Tonga

Lisala Folau foi arrastado por onda de seis metros na ilha de Atata, no sábado pela manhã, e só conseguiu ajuda na noite de domingo

  • Por Jovem Pan
  • 20/01/2022 01h19
Reprodução/ Stuff homem sobrevive a tsunami em tonga Lisala Folau sobreviveu flutuando no mar de Tonga

Lisala Folau sobreviveu ao tsunami que atingiu Tonga no último sábado, dia 15, nadando por 28 horas em mar aberto. Ele contou em entrevista à rádio tonganesa Broadcom que foi arrastado pela correnteza pela manhã quando as ondas atingiram a ilha de Atata, onde reside. A isolada e pequena porção de terra só tem 61 habitantes. Folau disse que foi avisado do tsunami pelo irmão e subiu em uma árvore, mas decidiu descer depois da primeira onda e uma maior o varreu para o mar. Ele estimou que a onda tinha seis metros de altura. “Eu apenas flutuei, esmagado pelas grandes ondas que continuavam vindo. Ficou na minha mente se eu posso me agarrar a uma árvore ou qualquer coisa e se algo acontecer e eu perder minha vida, os pesquisadores podem me encontrar e minha família pode ver meu cadáver”, contou.

Folau disse que um barco da polícia passou próximo a ele, que acenou com um trapo, mas a tentativa de resgate não deu certo. Às 21h do domingo, ele chegou a Tongatapu e encontrou uma pessoa que o ajudou a entrar em contato com sua família. “Tão inesperado que sobrevivi depois de ser arrastado, flutuando e sobrevivendo aos perigos que acabei de enfrentar”, declarou. De acordo com a ONU, todos os edifícios de Atata estão danificados ou ‘potencialmente danificados’ e não há água potável. Uma morte foi registrada na ilha. Ao todo três pessoas morreram devido ao tsunami.