Ilha remota na Escócia com dois moradores oferece emprego a casal que queira ‘vida selvagem’

Local tem quatro casas, duas das quais são para turistas; trabalho envolverá manutenção da infraestrutura e caçar veados

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2022 01h53
Google Maps / Reprodução Farol no topo de monte em ilha rochosa na Escócia Ilha de Rona também conta com farol, que é operado por trabalhadores de fora da ilha

A pequena ilha de Rona Island, na Escócia, quer dobrar sua população de uma única vez. Atualmente habitada por duas pessoas, a ilha oferece vagas de emprego a um casal, que poderia viver numa das casas de campo do local. Rona ainda tem mais três residências, uma utilizada por quem já vive lá e outras duas alugadas para turistas no verão europeu. A ilha quer encontrar dois trabalhadores imobiliários, que possam realizar tarefas de manutenção no local e gostem de morar em um lugar ‘selvagem e remoto’. A descrição do trabalho afirma que os interessados terão que realizar a manutenção de água, energia e de estradas, cuidar da floresta e da infraestrutura, realizar a limpeza e a manutenção de veículos e lavanderia para os outros dois chalés de veraneio restantes. Também serão tarefas dos empregados caçar veados-vermelhos, processar a carne dos animais, vender produtos e receber visitantes, de acordo com o jornal britânico “The Mirror”. O valor do salário não foi divulgado.