Itália detecta infecção por variante do coronavírus descoberta no Reino Unido

O paciente e sua companheira haviam chegado à Itália nos últimos dias em um voo de pouso no aeroporto de Fiumicino, em Roma, e foram colocados em isolamento

  • Por Jovem Pan
  • 20/12/2020 17h39
EFE/EPA/RICCARDO ANTIMIANIPaís está próximo de bater a barreira de 2 milhões de casos da doença.

As autoridades sanitárias da Itália detectaram um caso de um indivíduo infectado com a mesma variante de coronavírus detectado no Reino Unido e o colocaram em isolamento, confirmou o Ministério da Saúde em um comunicado emitido neste domingo. O departamento científico do hospital policlínico Celio de Roma sequenciou o genoma de um vírus SARS-CoV-2 em uma pessoa chegando ao país com a cepa localizada nas últimas semanas no Reino Unido. O paciente e sua companheira haviam chegado à Itália nos últimos dias em um voo de pouso no aeroporto de Fiumicino, em Roma, e foram colocados em isolamento. As autoridades dizem que o casal seguiu todos os procedimentos estabelecidos pelo Ministério, assim como outros integrantes da família e contatos próximos.

Neste domingo, o governo italiano suspendeu os voos do Reino Unido depois que Londres confirmou o aparecimento de uma nova variante do coronavírus e proibiu a entrada de pessoas que estiveram no país nos últimos 14 dias. A decisão já foi comunicada às autoridades de Londres, segundo o Ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio. O ministro da Saúde, Roberto Speranza, assinou a ordem de suspensão dos voos e também proibiu a entrada na Itália daqueles que estiveram em território britânico nas últimas duas semanas. Quem já tiver retornado precisará passar por um teste de Covid-19. Até o momento, segundo dados da Universidade Johns Hopkins, a Itália registrou 1.953.185 casos e 68.799 mortes causadas pela doença.

*Com informações da EFE