Joe Biden se encontra com família de Jacob Blake em Wisconsin

O encontro aconteceu três dias depois de o presidente Donald Trump visitar a cidade, mas não se encontrar com a família do rapaz, que foi baleado pelas costas à queima-roupa pelo policial na frente dos filhos

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2020 17h23 - Atualizado em 04/09/2020 08h15
ReproduçãoJacob Blake recebeu sete tiros pelas costas

Joe Biden, candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, e sua mulher, Jill, se encontraram nesta quinta-feira, 3, com a família de Jacob Blake, homem negro que foi baleado por um policial branco na semana passada, em Kenosha, no Estado americano de Wisconsin. O incidente desencadeou uma nova onda de distúrbios violentos na semana passada. O ex-vice-presidente e sua esposa se reuniram em privado com a família Blake ainda no aeroporto de Milwaukee, a maior cidade de Wisconsin, onde desembarcou. Segundo sua campanha, estavam presentes o pai e três irmãos de Blake. A mãe do rapaz conversou com Biden por uma chamada de vídeo. Em seguida, Biden seguiu para Kenosha, a cerca de 55 km de Milwaukee.

O encontro aconteceu três dias depois de o presidente Donald Trump visitar a cidade, caminhar por escombros de um imóvel destruído durante os protestos, mas não se encontrar com a família do rapaz, que foi baleado pelas costas à queima-roupa pelo policial na frente dos filhos. Blake continua internado e está paralisado da cintura para baixo.

Segundo análise do jornal New York Times, a viagem de Biden ao Wisconsin é uma rara visita à região que deve dar a ele uma importante abertura para abordar a injustiça racial e continuar a divulgar sua mensagem de que o presidente Trump tem alimentado as chamas da violência no país. Biden tem permanecido a maior parte do tempo fechado em sua casa no Estado de Delaware desde que começou a pandemia de coronavírus nos Estados Unidos. Ele tem 77 anos. A viagem de hoje deve ser um momento significativo para ele.

*Com informações da Agência EFE