Lava do vulcão Cumbre Vieja destruiu 855 casas e quase 30 quilômetros de rodovias

Zonas de exclusão para evitar que moradores entrem em contato com gases tóxicos foram criadas pelo governo local

  • Por Jovem Pan
  • 30/09/2021 14h07 - Atualizado em 30/09/2021 14h13
EFE/Miguel CaleroVulcão entrou em erupção no dia 19 na ilha de La Palma

A erupção do vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, entra no 12º dia nesta quinta-feira, 30, com a continuidade do fluxo de lava em direção ao mar. Pouco mais de 12 horas após o material vulcânico atingir o oceano, um “delta” de magma foi formado no mar. A companhia de salvamento marítimo do governo da Espanha monitora o efeito da lava no local e continua com as duas zonas de exclusão criadas para evitar que os moradores tenham contato com gases tóxicos. De acordo com o monitoramento mais recente divulgado pelo satélite Copérnico, a lava cobriu 338,3 hectares da ilha e destruiu 855 casas até o momento. Quase 30 quilômetros de estrada foram destruídos e mais de 1,7 mil hectares foram atingidos pelas cinzas. Moradores são orientados a usar máscaras PFF2 e manter as janelas de casa fechadas para evitar contato com os gases emitidos pela erupção.