Mauricio Macri sobre parceria entre Mercosul e UE: ‘Acordo histórico’

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2019 15h57 - Atualizado em 28/06/2019 16h00
EFEEste será o mais ambicioso acordo já feito pelo bloco sul-americano, que reúne Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, comemorou o tratado firmado entre a União Europeia e o Mercosul nesta sexta (28), após 20 anos de negociações. “Acordo histórico”, escreveu o chefe do Executivo no Twitter.

Macri ainda publicou um áudio do Ministro das Relações Exteriores do país, Jorge Faurie, emocionado após a concretização da parceria. “Lhe parabenizo. Em sua presidência se conquistou [o tratado após] 20 anos de negociação”, disse o chanceler. “Temos um acordo União Europeia-Mercosul”.

O tratado, que começou a ser debatido em 1999, só foi finalizado pelos dois blocos nesta sexta (28). Ele deve abranger bens, serviços, investimentos e compras governamentais entre europeus e sul-americanos.

A rodada final de negociações foi iniciada por técnicos na semana passada. Diante do avanço nas tratativas, os ministros do Mercosul e da União Europeia foram convocados e, desde quinta (27) estavam fechados em reuniões em Bruxelas.

Este será o segundo maior tratado assinado pelos europeus – perde apenas para o firmado com o Japão – e o mais ambicioso já acertado pelo Mercosul, que reúne Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

O presidente Jair Bolsonaro também usou as redes sociais para comemorar as tratativas. No Twitter, ele chamou o termo de “histórico” e disse que a parceria será uma das “mais importantes de todos os tempos” no comércio mundial.