Nova York permitirá reabertura de museus no fim de agosto

Estabelecimentos poderão operar com 25% da capacidade e terão que vender ingressos que indiquem o horário de chegada de cada visitante

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2020 16h23
Divulgação/METMuseus de Nova York poderão reabrir a partir de 24 de agosto

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou nesta sexta-feira (14) que museus, aquários e outras instituições culturais do estado poderão abrir as portas a partir do próximo dia 24, após redução no índice de contágio do novo coronavírus. De acordo com o chefe do governo regional, que concedeu entrevista coletiva virtual, essas são consideradas atividades de baixo risco, por isso poderão ser retomadas daqui dez dias. Segundo Cuomo, museus e os demais estabelecimentos poderão operar com 25% da capacidade. Além disso, terão que vender ingressos que indiquem o horário de chegada de cada visitante. O acesso só será permitido com uso de máscara.

As pistas de boliche também poderão voltar a receber clientes a partir da próxima segunda-feira, dia 17, mas com 50% da ocupação máxima. Deverá ser estabelecido um protocolo de higiene e desinfecção, especialmente, para o material compartilhado. Segundo Cuomo, além disso, nos próximos dias serão publicadas as normas que deverão ser seguidas pelas academias para que retomem as atividades.

*Com EFE