Novavax anuncia início de terceira fase de testes de vacina contra a Covid-19

Pelo menos 10 mil voluntários participarão dos testes, que serão conduzidos no Reino Unido

  • Por Jovem Pan
  • 24/09/2020 17h53
Divulgação/NovavaxVacina da Novavax contra a Covid-19 passou para a terceira fase de testes

A farmacêutica americana Novavax anunciou nesta quinta-feira (24) o início da terceira fase de testes de uma vacina contra a Covid-19 desenvolvida por ela, a NVX-CoV2373. A nova fase será conduzida no Reino Unido, em parceria com o governo local, e terá participação de 10 mil voluntários. A expectativa é de que os testes durem de quatro a seis semanas. Segundo comunicado divulgado hoje, a empresa afirmou que o imunizante não precisa ser congelado e pode ser armazenado em ambientes com temperatura entre 2ºC e 8ºC.

A terceira fase dos testes vai avaliar a eficácia e a segurança da vacina. Metade dos participantes receberá a vacina de fato, enquanto a outra metade receberá um placebo, como é praxe em testes como esse. No mês passado, a farmacêutica comunicou que o imunizante mostrou resposta positiva, mas gerou efeitos colaterais moderados na maioria dos participantes. Entre as reações relatadas, estão dores de cabeça e musculares. Nenhum dos voluntários precisou ser hospitalizado.

A vacina desenvolvida pela Novavax, se aprovada, deverá ser aplicada em duas doses. Agora, o imunizante se junta a outros que também estão na fase 3 de testes. Um deles é a CoronaVac, vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac e testada no Brasil em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo. Outro é a da AstraZeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra. O governo federal já fechou um acordo para produção no Brasil e transferência de tecnologia do imunizante.