Novo blecaute afeta parte de Caracas e vários estados da Venezuela

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2019 15h44 - Atualizado em 25/03/2019 18h29
EFEEm Caracas, o novo blecaute afetou a zona leste da cidade, o que interrompeu o serviço de metrô da capital. 

Um novo blecaute afetou grande parte do território venezuelano nesta segunda-feira. O apagão acontece apenas três semanas depois de um corte que deixou quase todo o país sem fornecimento de energia por cinco dias.

A deputada opositora Nora Bracho, presidente da comissão de serviços do parlamento venezuelano, afirmou a jornalistas que há relatos de cortes em pelo menos 15 estados da Venezuela, ao mesmo tempo em que indicou que este novo blecaute pode ser considerado “geral”.

“Até este momento não sabemos o que provocou as falhas técnicas, mas o certo é que na Venezuela não há eletricidade”, destacou.

Em Caracas, o novo blecaute afetou a zona leste e o centro da cidade, onde fica Palácio presidencial de Miraflores e a maioria dos Ministérios. Servidores foram mandados para casa milhares de pessoas tiveram que voltar a pé porque o sistema de metrô fechou, assim como várias lojas da região central da cidade por medo de saque. No blecaute anterior, que começou no dia 7 de março, 570 pessoas foram presas por causa de roubos a padarias, lojas de ferragens, supermercados, lojas de roupas e farmácias.

Por causa do apagão de hoje, 57% da infraestrutura de telecomunicações foi prejudicada, segundo a NetBlocks, organização de monitoramento da internet.

Depois do blecaute do início do mês, Maduro responsabilizou os Estados Unidos e a oposição venezuelana de “sabotagem”.

*Com EFE