OMS nomeia 26 cientistas para investigar origens da Covid-19 e estudar novos surtos

Comitê é formado por estudiosos dos Estados Unidos, China e outras 24 nações

  • Por Jovem Pan
  • 14/10/2021 01h02
EFE/ Salvatore Di NolfiDiretor-geral da OMS informou criação de comitê nesta quarta-feira, dia 13 de outubro

Nesta quarta-feira, 13, a Organização Mundial de Saúde (OMS) nomeou 26 cientistas para um novo conselho consultivo criado para investigar as origens da Covid-19 e de possíveis novos surtos. Chamado de ‘Grupo de Aconselhamento Científico da OMS para as Origens de Novos Patógenos’ (SAGO), o conselho deve definir e orientar estudos que possam prever novos patógenos com potencial epidêmico ou pandêmico. O grupo conta com cientistas dos EUA, da China e de outras 24 nações. Eles foram selecionados de um total de 700 candidatos e passaram por consulta pública de duas semanas. Segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, um relatório elaborado em março deste ano não apontava com clareza se a origem do Sars-CoV-2 é de um vazamento de laboratório em Wuhan, na China. De acordo com a organização, não há dados suficientes para essa tese. Além da OMS, os EUA também criaram um comitê de agências de inteligência para descobrir as origens do vírus.