Papa lamenta incêndios no Pantanal e em outras partes do mundo

O pontífice reconheceu que “muitos incêndios são causados pela persistente seca, mas não faltam os de origem humana” e pediu que “o Senhor apoie os que sofrem com estas catástrofes”

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2020 19h38
EFEO papa Francisco é o maior líder da Igreja Católica

O papa Francisco lamentou neste domingo, 11, os incêndios que recentemente devastaram parte do Brasil, Argentina, Paraguai e também Califórnia, nos Estados Unidos, e criticou aqueles que são causados pelo homem. “Quero expressar a minha proximidade com as populações atingidas pelos incêndios que assolam muitas regiões do planeta, e com os voluntários e bombeiros que arriscam as suas vidas para os extinguir”, disse Francisco, momentos após a oração do Angelus. “Estou pensando na costa oeste dos Estados Unidos, especificamente na Califórnia, mas também nas regiões centrais da América do Sul, o Pantanal, o rio Paraná, a Argentina”, acrescentou.

O pontífice reconheceu que “muitos incêndios são causados pela persistente seca, mas não faltam os de origem humana” e pediu que “o Senhor apoie os que sofrem com estas catástrofes”. Recentemente aconteceu um incêndio florestal em áreas próximas ao Santuário de Elefantes, em Mato Grosso, o único na América Latina, e as autoridades estão trabalhando para impedir que ele chegue a essa reserva; enquanto no mês passado, incêndios devastaram o Pantanal, a maior área úmida do mundo. Também em setembro, incêndios florestais atingiram a província argentina de Córdoba, no centro do país, enquanto o maior incêndio da história da Califórnia (EUA) ultrapassou a barreira de um milhão de hectares em 5 de outubro.

*Com informações da Agência EFE