Peru emite alerta epidemiológico por altas temperaturas

Um homem morreu na região de Ica, ao sul do país, em decorrência do calor

  • Por Adrielle Farias
  • 11/02/2024 08h39 - Atualizado em 11/02/2024 08h41
Banco de Imagens/Pixabay lima peru O Serviço Nacional de Meteorologia e Hidrologia (Senamhi) indicou que fevereiro apresenta um cenário climático preocupante, com previsões que sugerem que Lima poderia experimentar temperaturas próximas ou até mesmo superiores a 40 °C

O Ministério da Saúde do Peru (Minsa) emitiu um alerta epidemiológico  neste sábado, 10, devido ao risco de golpe de calor para sua população devido às altas temperaturas registradas no país. Foi declarado “alerta epidemiológico devido ao risco de ocorrência de distúrbios na regulação térmica corporal relacionados às altas temperaturas ambientais no país”, indicou um comunicado do Minsa. No alerta da Pasta, é solicitado que a população garanta o atendimento adequado nos centros de saúde, hospitais e clínicas para os casos de síndromes febris, com ênfase em crianças, idosos e pessoas vulneráveis. O golpe de calor é definido como a temperatura corporal acima de 39°C associada à alteração do sistema nervoso central na forma de estupor ou coma devido ao aumento da temperatura no ambiente, explicou o ministério.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Em 4 de fevereiro, o ministério confirmou a morte de um homem na região de Ica, no sul do Peru, após sofrer um golpe de calor. Nas principais cidades da costa e selva do país estão sendo registradas temperaturas entre 30 e 35°C, com aumento da radiação ultravioleta, sendo considerado de alto risco para a população. O Serviço Nacional de Meteorologia e Hidrologia (Senamhi) indicou que fevereiro apresenta um cenário climático preocupante, com previsões que sugerem que Lima poderia experimentar temperaturas próximas ou até mesmo superiores a 40 °C devido à onda de calor. Em alguns distritos da capital peruana, foram registradas nesta semana temperaturas não vistas há 41 anos. Em 2016, na onda de calor que afetou o departamento de Piura, ao norte do país, oito crianças morreram com diagnóstico de golpe de calor.

*Com informações da Agence France-Presse

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.