Polícia de Nova York prende suspeito de realizar ataque no metrô

Frank R. James teria disparado 33 tiros em estação e ferido ao menos 23 pessoas

  • Por Jovem Pan
  • 13/04/2022 15h34 - Atualizado em 13/04/2022 17h38
REUTERS/Andrew Kelly Homem é preso por agentes do FBI Suspeito foi detido nesta quarta-feira, em Nova York, por agentes do FBI

A polícia de Nova York confirmou ter prendido nesta quarta, 13, Frank R. James, suspeito de ter realizado um ataque a tiros em uma estação de metrô no Brooklyn, um dos bairros da cidade. James, de 62 anos, foi visto no bairro de East Village, na ilha de Manhattan, também na cidade de Nova York, e uma dica levou a polícia até o local. A polícia acredita que o homem teria sido o responsável por jogar granadas de fumaça e então disparar 33 tiros dentro da parada na estação da rua 36, ferindo ao menos 23 pessoas. A busca por James começou após ser descoberta uma van, que estaria ligada aos ataques, próxima a uma estação de metrô; a chave do veículo estava entre os itens encontrados que se acreditava pertencerem ao atirador, junto com uma pistola Glock 9 milímetros, três carregadores de munição, um machado, fogos de artifício e um líquido que se acredita ser gasolina.

Os investigadores descobriram que James havia alugado a van na cidade de Filadélfia, que fica no estado vizinho da Pensilvânia. Em vídeos postados no YouTube, James comenta notícias em discursos longos e mordazes, nos quais culpa mulheres pela violência entre os negros e diz que a invasão da Ucrânia é uma prova de que pessoas brancas são genocidas. Caso ele seja condenado, pode pegar prisão perpétua. Os oficiais da polícia ainda informaram que ele já havia sido detido nove vezes em Nova York e três vezes em Nova Jersey.