Explosão em ponte que liga EUA e Canadá deixa dois mortos

FBI está no local para investigar o caso e há suspeita de terrorismo; Biden monitorando a situação, e premiê Justin Trudeau a classifica como ‘extraordinariamente seria’

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2023 16h53 - Atualizado em 22/11/2023 17h50
REUTERS carro bomba Quatro pontes sobre o rio Niágara que ligam os Estados Unidos e o Canadá foram fechadas após carro explodir

Uma explosão na ponte Rainbow, que liga os Estados Unidos e o Canadá, deixou dois mortos nesta quarta-feira, 22. O local, que fica próximo às Cataratas do Niágara, foi fechado, assim como as todas as quatro pontes sobre o rio Niágara que ligam os dois países. O FBI está no local investigando o caso. Segundo a ‘ABC News’, foi encontrado um tipo de mala ou pasta no local, o que fez com que equipe anti-bomba fosse deslocada para o local. Segundo o prefeito de Niagara Falls, o veículo vinha do Canadá para os EUA. Um vídeo de vigilância mostra o momento em que um veículo é parado em um posto de segurança inicial e, na sequência, direcionado para um posto de controle secundário, sendo aqui que o veículo acelerou e bateu no local de triagem, conforme relata a imprensa local. O departamento de Estados dos Estados Unidos ainda não comentou o caso, contudo, a Casa Branca está monitorando a situação, segundo um funcionário. O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, disse que a explosão de um veículo na fronteira entre o seu país e os Estados Unidos, representa “uma situação muito grave”.

“Esta é obviamente uma situação muito grave nas Cataratas do Niágara. Um veículo explodiu na passagem de Rainbow Bridge”, disse ele à Câmara dos Comuns, acrescentando que estão levando o caso ‘extraordinariamente a sério.”Estamos acompanhando para tentar obter o máximo de respostas o mais rápido possível. Medidas adicionais estão sendo contempladas e ativadas em todas as passagens de fronteira em todo o país”, disse. Kathy Hochul, governadora de Nova York, deslocou a Polícia dos Estados de Nova York para trabalhar com a Força-Tarefa Conjunta de Terrorismo do FBI para monitorar todos os pontos de entrada em Nova York. “Estou viajando para Buffalo para me encontrar com as autoridades policiais e de emergência”, informou a governadora, acrescentando que assim que tiver mais informações sobre o caso os novaiorquinos vão ser atualizados. A explosão fez com que a segurança no Aeroporto Internacional de Buffalo Niagara fosse aumentada, com verificação de carro e exames adicionais para viajantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.