Presidente da Ucrânia declara ‘lei marcial’ no país após ataques russos

Volodymyr Zelesnky pediu que população mantenha calma e disse que o país vencerá; ‘lei marcial’ é uma norma que um governo implanta para substituir todas as leis e autoridades civis por leis militares

  • Por Jovem Pan
  • 24/02/2022 03h00 - Atualizado em 24/02/2022 03h21
Mykhaylo Markiv / The Presidential Administration of Ukraine - 9/11/2020 Presidente da Ucrânia discursa em palanque Zelensky tentou manter o otimismo em vídeo divulgado nas redes sociais

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelesnky, declarou ‘lei marcial’ no país após a Rússia iniciar ataques militares contra cidades ucranianas. Em vídeo divulgado nas redes sociais, Zelensky pede à população que não entre em pânico e sugere que devam ficar em casa para buscar proteção. O mandatário também declarou ter conversado com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. “Os EUA já começaram a unir o apoio internacional. Hoje cada um de vocês deve manter a calma. Fique em casa se puder. Nós estamos trabalhando. O exército está trabalhando. Todo o setor de defesa e segurança está funcionando. Sem pânico. Nós somos fortes. Estamos prontos para tudo. Vamos vencer todos porque somos a Ucrânia”, disse, tentando manter o otimismo. A ‘lei marcial’ é um instrumento utilizado por governos em períodos de crises gravíssimas e significa que uma autoridade militar assumiu o comando do Estado. Ela permite limitar liberdades fundamentais dos cidadãos, como o direito de ir e vir, o de se reunir ou o de se manifestar livremente.