Primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte renuncia

O presidente Sergio Mattarella foi comunicado nesta terça-feira e iniciou consulta a partidos políticos para sanar a crise; Conte havia perdido maioria no Parlamento na última semana

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2021 09h40 - Atualizado em 26/01/2021 09h50
EFE/EPA/Maurizio BrambattiO primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, apresentou nesta terça-feira, 26, sua renúncia ao presidente da República, Sergio Mattarella, que decidiu aceitá-la e iniciar consultas com os partidos políticos para resolver a crise, informou o Chefe de Estado. Agora, Mattarella vai abrir uma rodada de consultas que terá início quarta e continuará até esta quinta-feira para analisar as diferentes soluções para a crise governamental, que começou após a saída da coalizão governamental do partido Italia Viva, do ex-primeiro-ministro Matteo Renzi.

Conte foi forçado a renunciar ao saber que não obteria o apoio necessário para enfrentar as próximas nomeações no Parlamento, incluindo a votação sobre a gestão do ministro da Justiça, Alfonso Bonafede, marcada para acontecer ainda nesta semana.

*Com informações da EFE