Propagação da Covid-19 ganha força na África e afeta 29 países no continente

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2020 13h29
EFEO governo somali também informou que, com efeito a partir desta quarta-feira, está suspendendo todos os voos internacionais

Tanzânia, Libéria, Somália e Benin confirmaram nesta segunda-feira (16) seus primeiros casos do novo coronavírus, uma doença cuja disseminação se acelerou nos últimos dias na África — onde 29 países já estão afetados.

O Ministério da Saúde da Tanzânia informou que detectou a Covid-19 em uma mulher de 46 anos que chegou ao Aeroporto Internacional de Kilimanjaro.

A mulher viajou para a Bélgica, onde chegou no último dia 3, embora tenha aproveitado sua estadia na Europa para também visitar a Suécia e Alemanha. A paciente foi internada e está isolada em um hospital de Mount Meru, na cidade de Arusha.

Já o governo da Libéria disse que o primeiro caso do novo coronavírus corresponde a Nathaniel Blama, chefe da Agência de Proteção Ambiental do país, que voltou na última sexta-feira (13) de uma viagem à Suíça.

As autoridades liberianas pediram que a população permanecesse calma enquanto continuava a procurar todos aqueles que possam ter tudo contado com o infectado para colocá-los em quarentena.

Da mesma forma, o governo da Somália confirmou que o primeiro caso registrado neste país é de um somali que chegou a Mogadíscio no início do mês vindo da China. O governo somali também informou que, com efeito a partir desta quarta-feira, está suspendendo todos os voos internacionais.

Da mesma forma, o Benin entrou nessa lista ao anunciar o caso positivo de um cidadão burquinense, de 49 anos, que chegou ao país no último dia 12 — depois de passar por Burkina Faso e Bélgica.

Até o momento um total de 29 nações da África, um continente composto por 54 países soberanos, foi afetado por mais de 350 casos confirmados da Covid-19.

*Com informações da EFE