Protestos violentos se multiplicam nos EUA durante o final de semana

Na cidade de Austin, no Texas, um homem morreu depois de ser atingido por um tiro.

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2020 19h28
EFE/EPA/CRAIG LASSIGProtesto nos EUA a favor da justiça após morte de George Floyd

Grandes manifestações se tornaram violentas pelos Estados Unidos durante este final de semana, com dezenas de milhares de americanos dando continuidade a uma onda de protestos contra o racismo e as táticas policiais. Vários destes eventos levaram a prisões, danos a propriedades e confrontos com agentes de segurança. Na cidade de Austin, no Texas, um homem morreu depois de ser atingido por um tiro.

Os protestos se seguem às manifestações que vêm ocorrendo nos EUA desde a morte de George Floyd, em 25 de março, asfixiado por um policial que o tinha sob custódia. Neste final de semana, muitos protestos cresceram em tamanho e em intensidade, como em Portland, no Oregon. Em alguns protestos, manifestantes usavam armas.

Neste sábado, 25, em Seattle, manifestantes jogaram pedras, fogos de artifício e explosivos contra policiais. Dezenas foram presos e 21 policiais se feriram, de acordo com as autoridades locais.

*Com Estadão Conteúdo