Queda de avião no Paquistão matou 97 pessoas; há 2 sobreviventes

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2020 12h01
EFE/EPA/SHAHZAIB AKBERAcidente aéreo no Paquistão deixou ao menos 97 mortos

O porta-voz do governo da cidade de Karachi, no Paquistão, afirmou, neste sábado (23),  que 97 pessoas morreram devido a queda de um avião da companhia aérea estatal Pakistan International Airlines, tragédia que registrou dois sobreviventes.

“Havia 99 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulação. Deles, 97 morreram e duas sobreviveram”, confirmou Irfan Hussain à Agência Efe.

Por causa da queda da aeronave, na área residencial de Model Colony, ainda ficaram feridas outras nove pessoas, moradores da região, segundo explicou o representante do governo municipal, que é chamado oficialmente de comissariado.

O porta-voz do Departamento de Saúde da província de Sindh, cuja capital é Karachi, Meeran Yusuf, admitiu que é improvável que algum dos corpos encontrados sejam de pessoas que viviam na localidade, mas que os trabalhos de buscas seguirão nos escombros.

Ao todo, 25 casas foram afetadas por causa da queda do avião, algumas delas tendo ficado totalmente destruída. Houve registro de incêndio em imóveis.

Até o início da madrugada, 20 corpos tinham sido identificados por familiares das vítimas. Testes de DNA foram realizados para completar o trabalho.

O avião caiu ontem, primeiro dia de férias pelo fim do Ramadã, próximo ao aeroporto de Karachi, que é a capital econômica do Paquistão.

Na última conversa registrada entre comando da aeronave e torre de controle, o piloto do A-320, que viajava de Lahore para Karachi, avisou que tinha perdido os motores, instantes antes da queda.

De acordo com os dados oficiais, o voo levava 91 passageiros e tinha oito tripulantes.

*Com Agência EFE