Reino Unido prorroga isolamento até 7 de maio após recorde de mortes em 24 horas

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2020 14h36
EFE/EPA/NEIL HALLRuas vazias no Reino Unido: Nesta quinta, após recorde de mortes em 24 horas, o país adiou o fim da quarentena

O secretário de Estado do Reino Unido, Dominic Raab, anunciou nesta quinta-feira (16) que o isolamento obrigatório será prorrogado por, pelo menos, três semanas no Reino Unido para tentar frear a propagação da pandemia de coronavírus.

Raab, que lidera o governo enquanto o primeiro-ministro, Boris Johnson, se recupera da doença, afirmou que o confinamento será ampliado até o dia 7 de maio, após o país ter registrado 861 mortes nas últimas 24 horas, um novo recorde diário.

O Sistema Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) informou que o número de mortos por Covid-19 em hospitais britânicos aumentou para 13.729, mas destacou que as medidas de distanciamento social tem se mostrado “bem-sucedidas”.

*Com informações da EFE