Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo afirma que País não quer guerra com Irã

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2020 21h32
Jim Lo Scalzo/EFEDeclaração foi feita ao ao vice-ministro de Defesa da Arábia Saudita, Khalid bin Salman, de visita em Washington

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse nesta segunda-feira (6) ao vice-ministro de Defesa da Arábia Saudita, Khalid bin Salman, de visita em Washington, que o país não tem a intenção de entrar em uma guerra com o Irã, apesar do aumento da tensão devido à morte do general Qasem Soleimani, comandante da divisão de elite da Guarda Revolucionária iraniana.

A explicação foi dada pela porta-voz do Departamento de Estado Morgan Ortagus, acrescentando que Pompeo debateu com o representante saudita a recente decisão do presidente americano, Donald Trump, de “tomar medidas defensivas decisivas para proteger o pessoal dos EUA no exterior”.

Durante a reunião, o chefe da diplomacia americana “ressaltou que os Estados Unidos não procuram uma guerra com o Irã e continuam empenhados em reduzir a tensão”.

Pompeo agradeceu ao vice-ministro “pelo apoio contínuo da Arábia Saudita e por trabalhar com os Estados Unidos para combater a ameaça representada pelo regime iraniano”. Além disso, agradeceu pelos esforços para encontrar uma solução política para o conflito no Iêmen.

A tensão aumentou nos últimos dias entre Teerã e Washington pela morte de Soleimani em um ataque realizado pelos EUA em Bagdá na semana passada.

O Irã prometeu se vingar dos EUA pela morte de Soleimani, e o governo americano pediu para que os cidadãos do país deixem o Iraque imediatamente.

Enquanto isso, Trump aumentou nesta segunda-feira as ameaças contra o Irã, depois de ter avisado na noite anterior que bombardearia monumentos iranianos e aplicaria novas sanções.

* Com EFE