Sobe para 13 número de casos confirmados de coronavírus na Alemanha

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2020 16h51
EFE/RUNGROJ YONGRITUm surto da doença foi registrado na empresa de fabricação de tetos solares para automóveis Webasto

As autoridades de saúde da Alemanha relataram nesta quinta-feira (6) um novo caso de infecção por coronavírus, ligado ao surto na empresa de fabricação de tetos solares para automóveis Webasto, elevando para 13 o número de pessoas com a doença confirmadas no país.

Segundo a Secretaria de Saúde da Baviera, no sul da Alemanha, trata-se da esposa de um funcionário da Webasto, cujo contágio havia sido reportado na semana passada. Os dois são os pais dos únicos menores infectados no país até agora.

Tanto a mãe quantos os dois filhos não têm sintomas, e a situação do pai é estável, de acordo com os médicos. A família foi internada em um hospital em Trostberg, enquanto as outras sete crianças infectadas pelo surto na empresa permanecem isoladas na Clínica Schwabing, em Munique. A fonte da infecção na fábrica é um colega chinês que viajou para a Baviera para dar um curso de formação.

Os outros dois casos confirmados de infecção por coronavírus estão entre as 124 pessoas retiradas da cidade chinesa de Wuhan, epicentro da epidemia, no último sábado.

Após a chegada de avião a Frankfurt, 11 dessas pessoas foram levadas para um hospital da cidade, um por suspeita não confirmada de infecção, e os outros dez por outras razões médicas não relacionadas com o coronavírus.

Os dois contaminados também haviam sido levados para o mesmo centro médico, mas depois disso foram transferidos para o quartel de Germersheim para serem colocados em quarentena durante 14 dias.

* Com EFE