Theresa May descarta realizar novo referendo sobre o Brexit

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2019 18h35
EFEPremiê britânica apresentou "plano B" para o acordo de saída da União Europeia nesta segunda

A possibilidade de convocar um novo referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia foi descartada nesta segunda-feira (21) pela primeira-ministra britânica, Theresa May. Ela discursou sobre o Brexit na Câmara dos Comuns.

Ainda no parlamento, ela destacou que vai manter o acordo de fronteiras entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, tema que também estava sendo colocado em discussões, especialmente por opositores do governo atual.

Na semana passada, parlamentares britânicos rejeitaram o acordo proposto por May. Desde então, ela tem intensificado conversas com deputados e partidos políticos em busca de consenso antes de sugerir alterações à União Europeia.

Para a premiê, o segundo referendo sobre o Brexit poderia levar o Reino Unido a sofrer impactos difíceis de serem contornados pela gestão. Mas ela não entrou em detalhes. O prazo máximo para os britânicos deixarem o bloco é 29 de março.

Na próxima semana, Theresa May vai ser novamente testada pela câmara, que vai votar o chamado “plano B” – proposto por ela, que recuou na proposta de fixar taxa para europeus que queiram residir nas terras da rainha. Quem pagou será reembolsado.

Em relação à polêmica sobre a fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, May se disse fiel “ao que está posto”, entretanto afirmou que isso deve ser renegociado com a União Europeia e não com os parceiros do diálogo inter-irlandês.

*Com informações da Agência Brasil