Theresa May: Povo britânico verá que acordo do Brexit é bom para todos

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2018 11h58
Will Oliver/EFEPremiê desconversou sobre possível renúncia caso acordo não seja aprovado no parlamento

“Quando o povo britânico analisar esse acordo, verá que ele é bom para todos”, disse neste domingo (25) a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May. Após a aprovação do Brexit por líderes da União Europeia, a premiê levará o “pacto ao parlamento, confiante de que é o melhor possível”.

Em entrevista coletiva, May se esquivou de perguntas sobre a possibilidade de o documento de quase 600 páginas não receber endosso de parlamentares britânico. O acordo sofre resistência até mesmo de aliados do Partido Conservador, ao qual a premiê pertence.

Questionada duas vezes sobre a possibilidade de renunciar ao cargo caso o “divórcio” não seja aprovado, May desconversou e disse estar comprometida em defender o texto, além de otimista com o futuro do país. Ela também rejeitou um novo plebiscito sobre o processo.

“Os britânicos não querem mais perder tempo discutindo o Brexit. O povo votou por ele e é tarefa dos políticos entregarem o Brexit”. May também reforçou que o Reino Unido está deixando o bloco europeu, mas não a Europa. Dirigentes da UE disseram que não há outro acordo possível.

Irlanda do Norte

A líder do Partido Unionista Democrático (DUP) da Irlanda do Norte, Arlene Foster, afirmou neste domingo que o grupo não apoiará o pacto atual “sob nenhuma circunstância”. Segundo Foster, que defende mais negociações, o acordo separa seu país do Reino Unido.

“Acredito que nós deveríamos usar o tempo agora para procurar uma terceira via, um meio diferente e melhor”, falou em entrevista. Além da Irlanda do Norte, o reino de Elizabeth II é composto por Inglaterra, Escócia e, ainda, País de Gales.

*Com informações do Estadão Conteúdo