TikTok, WeChat e mais: Governo dos EUA diz que irá atrás de outros apps chineses

Segundo o assessor de Comércio da Casa Branca, Peter Navarro, a China está tentando ‘adquirir tecnologia e influência ao redor do mundo’

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2020 11h33
DivulgaçãoO TikTok é um dos aplicativos mais usados no mundo

O governo dos Estados Unidos continuará tentando boicotar outros aplicativos chineses, além do TikTok e do WeChat. Quem afirmou foi o assessor de Comércio da Casa Branca, Peter Navarro, na manhã desta segunda-feira, 31. “E fundamental que esse país não use aplicativos feitos na China, ou que possam pegar nossos dados e irem para servidores na China”, afirmou Navarro em entrevista transmitida pela Fox Business, acrescentando que os dados podem ser usados para “vigiar, monitorar e rastrear” cidadãos.

Segundo Navarro, a China está tentando “adquirir tecnologia e influência ao redor do mundo” e que, por isso, os EUA vêm mirando o TikTok e o WeChat. No último dia 6, o presidente Donald Trump assinou decretos que podem levar ao banimento do uso dos aplicativos chineses nos EUA a partir da segunda metade de setembro.

aplicativo TikTok, de prioridade chinesa, entrou com processo contra o governo dos Estados Unidos após a ordem do presidente norte-americano de proibir a rede social no país caso uma empresa local não a adquira até 15 de setembro. Os advogados da TikTok dizem que a empresa “toma medidas extraordinárias para proteger a privacidade e a segurança dos dados do usuário” e que já explicou tais esforços ao governo federal durante uma recente revisão de segurança nacional.

*Com informações do Estadão Conteúdo