Ucrânia bombardeia Rússia e deixa ao menos uma pessoa morta e seis feridas

Ataque aconteceu na Vila de Solokhi, em Belgorod; autoridade informou que a população será levada para um local seguro sob a liderança do chefe do distrito

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2022 17h05
Handout / Russian Emergencies Ministry / AFP bombardeio ucraniano na Rússia Bombeiros trabalhando para extinguir um incêndio, realizado no dia 1 de abril, em um depósito de combustível da Rosneft na cidade de Belgorod

Ao menos uma pessoa morreu e seis ficaram feridas após um bombardeiro ucraniano na Rússia, realizado nesta quarta-feira, 11. O ataque aconteceu na Vila de Solokhi,  em Belgorod, de acordo com o governador da região, Vyacheslav Gladkov. “Há uma destruição parcial de um prédio residencial. A fumaça principal vem dos juncos que crescem fora do assentamento. Os bombeiros já estão no local”, informou a autoridade por meio do Telegram. “A população da aldeia de Solokhi será levada para um local seguro sob a liderança do chefe do distrito, Vladimir Pertsev, e do chefe do Ministério regional de Situações de Emergência, Sergey Potapov”, acrescentou. A Ucrânia ainda não se posicionou sobre o ataque. As autoridades de regiões russas vizinhas à Ucrânia acusaram em diversas ocasiões as forças de Kiev de realizar ataques em território russo. Em abril, o próprio Gladkov afirmou que helicópteros ucranianos bombardearam um depósito de combustível em Belgorod.