‘Vamos ganhar a guerra comercial com a China’, afirma secretário de Estado dos EUA

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2018 15h33
EFE"Vamos ganhar. Vamos obter um resultado que obrigue a China a se comportar de uma maneira que, se quiser ser uma potência, uma potência global, transparente, um estado de direito, não roube propriedade intelectual"

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou neste domingo que o governo do presidente Donald Trump não tem intenção de conter as agressividades políticas para a China e afirmou que o país vai ganhar esta guerra comercial.

“A guerra comercial da China contra os Estados Unidos durou anos. Eis aqui o que é diferente nesta Administração: na medida em que alguém quiser chamar isto de guerra comercial, estamos decididos a vencê-la”, afirmou Pompeu em entrevista à emissora “Fox News”.

O secretário de Estado disse que o presidente Trump está disposto a seguir aumentando a pressão sobre a China durante o tempo que for necessário para garantir o resultado desejado.

“Vamos ganhar. Vamos obter um resultado que obrigue a China a se comportar de uma maneira que, se quiser ser uma potência, uma potência global, transparente, um estado de direito, não roube propriedade intelectual. São princípios fundamentais no mundo todo e isso é o que o povo americano exige e os trabalhadores americanos merecem”, insistiu.

As autoridades chinesas cancelaram no sábado as conversas comerciais planejadas com os Estados Unidos depois que o governo de Donald Trump anunciou sobretaxas a US$ 200 bilhões de produtos chineses, que entrarão em vigor meia-noite.

O anúncio levou a China a anunciar contramedidas de US$ 60 bilhões em importações dos EUA.

Apesar das advertências de republicanos e democratas de que as tarifas poderiam prejudicar os consumidores e trabalhadores americanos, Trump se mantém comprometido com a tática, argumentando que é necessário assegurar melhores acordos comerciais.

*Com informações da Agência EFE.