Vulcão Etna registra nova erupção na Itália; veja vídeo

Atividade fez com que tremores de 4,5 pontos na escala Richter fossem registrados no país; apesar da lava e das cinzas, não há registro de feridos

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2021 12h06
Ginevra Canestronin/Reprodução de vídeo/TwitterVulcão começou a expelir cinzas e lava na madrugada desta segunda

O vulcão Etna, localizado na ilha da Sicília, no sul da Itália, apresentou nova erupção na cratera sudeste na madrugada desta segunda-feira, 9, com emissões de grande magnitude, mas controladas, de lava e cinzas. De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália, as fontes de lava chegaram a atingir 2,8 mil metros do nível do mar, sem causar qualquer tipo de danos. O Aeroporto da cidade de Catania registrou atrasos em alguns voos, mas segue operando normalmente. A atividade vulcânica começou ainda no início da madrugada, por volta de 1h40 no horário local (22h40 de domingo pelo horário de Brasília) e, de acordo com a Agência EFE, as cinzas seguiam sendo levadas pelo vento na direção sudeste, em direção às cidades de Zafferana e Acireale, na manhã desta segunda.

Durante a madrugada, os tremores vulcânicos chegaram a atingir 4,5 pontos na escala Richter, embora os números tenham caindo com o passar das horas, segundo o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia. De acordo com a imprensa local, o impacto das explosões fez com que janelas e portas de casas fossem danificadas em uma distância de até 15 quilômetros do Etna. O vulcão é um dos mais ativos do mundo. As erupções desta segunda fazem parte de uma série de explosões registradas desde fevereiro. Poucas pessoas foram vitimadas pela fumaça do Etna, mas os custos para limpeza das cidades que ficaram na trilha das cinzas fizeram com que centenas de vilarejos da Sicília declarassem falência. A estimativa é de que € 1 milhão seja investido para recuperação de cada atividade vulcânica, equivalente a R$ 6,21 milhões.