ONU conseguiu apenas 92 milhões dos US$ 415 milhões que pediu para o Nepal

  • Por Agencia EFE
  • 25/05/2015 12h02

Katmandu, 25 mai (EFE).- A Organização das Nações Unidas (ONU) recebeu até o momento US$ 92,4 milhões dos US$ 415 milhões que solicitou a doadoras internacionais para ajuda imediata ao Nepal, após o terremoto que completa um mês nesta segunda-feira e que deixou mais de 8.600 pessoas mortas e 16 mil feridos.

De acordo com dados divulgados hoje pela ONU em Katmandu, a situação no Nepal continua sombria e demanda o apoio da comunidade internacional, um pedido que foi reiterado nas últimas horas pelo próprio governo. Segundo o organismo mundial, 350 mil famílias perderam suas casas, sendo que 120 mil receberam ajuda humanitária em forma de lonas ou assentamentos temporários.

A entidade alerta que 315 mil pessoas ainda estão em áreas remotas e de difícil acesso. Deste total, 75 mil estão inacessíveis até mesmo por ar, faltando duas semanas para a chegada do auxílio.

Os números indicam que 1,5 milhão de mulheres e meninas precisam de atendimento médico específico, entre as quais 138 mil grávidas.

Em matéria de educação, a ONU lembrou que 1 milhão de crianças e adolescentes não poderá voltar às aulas quando as escolas reabrirem no próximo domingo. O terremoto deixou 30 mil salas de aula destruídas e 15 mil danificadas, embora neste último caso com possibilidade de ser reparadas.

Os danos do terremoto foram muito sérios nas escolas de vários distritos do Vale de Katmandu, e em três deles, Gorkha, Sindhupalchok e Nuwakot, a destruição de escolas foi de 90%. EFE